Vida de Coworker Vida de Freelancer

Estamos de saída de Alvalade

Vamos sair do nosso cantinho, do nosso Sítio. Fomos muito felizes neste ano e meio que partilhámos mesa e levámos a vida de coworkers mais a sério. Foi um desafio para todas, a Daniela deixou o seu emprego para se dedicar à fotografia, a Rita deixou a engenharia e dedicou-se só à fotografia, e eu assumi finalmente que é mesmo necessário ter um espaço em Lisboa para reunir, trabalhar e para estar mais presente (a margem sul é muito bonita mas ninguém – quase ninguém – cá vem fazer reuniões).

Até termos chegado ao Sítio nenhuma de nós tinha trabalhado junto, e nenhuma de nós tinha experiência em cowork, mas existem coisas que estão destinadas e outras que só por si desvanecem. A verdade é que criámos aqui uma cumplicidade que quando mudamos, mudamos todas e já faz parte do nosso dia estarmos todas na mesma mesa. Aliás, cada vez mais temos trabalhos em conjunto e isso é a prova da boa sinergia que temos. Por isso, vamos continuar todas na mesma mesa, com o mesmo espírito mas num local diferente, igualmente bonito. E se não bastasse mudar de sítio, vamos ter uma nova pessoa a partilhar mesa connosco (aqui um bocadinho de suspense).

Mas a sensação de sair de Alvalade não foi de ânimo leve, aprendi a viver num bairro lindo em Lisboa, que até então nunca tinha presenciado. Conheci lojas mais antigas do que eu, e negócios locais de porta aberta que são uma autêntica lição de vida.

Passei a sair mais vezes depois do almoço só para ir beber café à rua, apanhar sol na esplanada do Café na Drogaria e dar uma volta ao quarteirão.

Almocei mais vezes fora porque a Tasca da Maria do Correio não pára de aliciar com pratos que adoro.

Passei a comer muito mais quinoa e familiares, porque a Maria Granel era mesmo ao virar da esquina e muito orgulho tenho em ter participado neste projecto.

Estamos um bocadinho tristes sim, porque vamos deixar este nosso bairro, mas depois pensamos no espaço novo para onde vamos, no entusiasmo de mudar, de conhecer novas pessoas e isso dá-nos motivação. É normal, evoluímos, mudamos e temos necessidade de apanhar outros ares. A verdade é que continuamos pelos bairros de Lisboa, em breve conto mais. Entretanto vamos fazer as mudanças.

Sem comentários
Artigo Anterior
26 Abril, 2016
Artigo Seguinte
26 Abril, 2016

Sem comentários

Deixar comentário

Relacionados

Instagram

  • Let’s see and eat 🍲🍜 on the neighborhood @miyagi_seixal #seixal #ramen
  • Assim... vou já entrando 😂🙈 Um bom ano, uma boa aventura é o que vos desejo ✨[definitivamente a minha 🍸 do ano] #homemadegin #jafoste #gin #ginlovers
  • New year is coming #happynewyear #igersportugal #portugaldenorteasul
  • I see the light of 2018 😊 and I’m drawing my path do rock it. 🤟🏻#happynewyear #graphicdesigner #girlboss #igersportugal #portugal_em_fotos #portugaldenorteasul
  • Atravessei Lisboa para isto! #soquenao eu queria mesmo era comer um 🍜 e afinal só de noite é que abre 😩 vim embora mas levei comigo uma grande vista de Lisboa 😂 #lermelhoroshorariosdosrestaurantes #ficaparaaproxima
  • Neighbor walks @avidaportuguesa #igerslisboa #igersportugal #avidaportuguesa

Follow Me!