Vida de Freelancer

A falsa urgência destes tempos urgentes.

Hoje fala-se de urgência, podia ser à porta de um hospital mas não é caso para tanto. Mas fala-se sim da urgência das palavras e do seu significado. Palavras que mudaram de sentido, que mudaram de orientação e que continuamos a usar. Acredito que são palavras e termos que acompanham este mundo rápido (até demais) de comunicação e de acesso à mesma.

Isto é urgente.
Tenho muita urgência.
Isto é para ontem.
ASAP (dito assim tem um peso muito maior e prioritário do que se traduzirmos – as soon as possible).

4 termos muito idênticos, com um jogo de palavras muito semelhante e todos querem dizer o mesmo. Mas a verdade é que a urgência que nós passamos é nossa sim, está na nossa cabeça, mas se calhar não é assim tão urgente. Confuso?

Para quem é freelancer, como eu, e que presta serviços, é recorrente termos pedidos urgentes, mais não seja um contacto urgente. Diz-me a experiência de quem já acudiu 1001 urgências (número irónico) que raramente estamos a falar de urgências no verdadeiro sentido da palavra.

Diz-me a experiência que quando empregamos o termo urgente, estamos a definir o nosso estado de espírito por algo que ainda não sabemos como vai ser ou como vamos fazer. Daí a urgência em passar para alguém a nossa urgência. E depois neste jogo de ping-pong, a urgência morre logo no pong, e não chegamos a receber um ping de volta. Depois, no processamento de informação a urgência deixou de existir para dar lugar ao processamento que pode ser longo, ou até sem retorno.

Estamos a correr muito depressa, a tentar acompanhar o ritmo frenético da informação que a todos os segundos muda e nos invade a mente. Mas, no meio de tanta rapidez e na tentativa de acompanharmos o passo, podemos correr o risco de chegarmos à meta estafados e sem fôlego e sermos forçados a terminar ou fazer uma pausa longa para recuperar. Não queremos fazer uma pausa, queremos sim um ritmo constante, com uma respiração profunda e um sorriso na cara. Será assim tão urgente aquilo que queríamos? Será que ao passarmos a nossa urgência a outros estamos a facilitar o trabalho? Será que a pressa de chegar à meta é maior do que a tranquilidade na execução? E se todos formos urgentes, como sabemos o que é realmente urgente?

Vamos tentar devolver um pouco o sentido nato das palavras, sim? Voltar às origens e não exacerbar o significado das coisas. Porque quando dizemos que é urgente vamos acreditar que é e tratar como tal, ou então poderá chegar o dia em que a história do Pedro e o Lobo acontecerá.

Sem comentários
Artigo Anterior
31 Maio, 2016
Artigo Seguinte
31 Maio, 2016

Sem comentários

Deixar comentário

Relacionados

Instagram

  • Tudo começa por uma ideia que passa depois para o papel. E depois é construir 🙌🏻 #vaiacontecer #abasestudio
  • Mummy little helpers 👭Os mestres de obra vieram fazer a inspecção 😂
  • Não tem sido combinado nem de propósito mas o início de setembro tem sido marcado por fotos deste género 😅 a sintonia que me move, assim me puxa para tal, e mais uma vez setembro vai ser o meu mês de concretizações pessoais! Principalmente de crescimento. São tantas as novidades e mudanças que até tenho medo de as começar a contar 😁 mas amanhã já começam as novidades! 🙌🏻
  • Todos me querem mudar o chão. Está em bruto, tem buracos, riscos e está tordo. Mas fazer o quê? Eu gosto dele mesmo assim! Nem tudo é perfeito e direito mas sim diferente e com personalidade. E por agora é a mesa de trabalho 😅#ochaofica
  • Nunca foi tão importante para mim apoiar-me e receber conselhos de várias pessoas como nesta altura. Hoje começo uma nova etapa de tudo… de mim, do meu trabalho, das pessoas. Basicamente uma nova etapa na minha vida! Tenho um discurso na cabeça ao estilo de “óscares” com nomes que tenho de mencionar e acima de tudo agradecer, porque de facto tenho tido o apoio de muitos e companhia ao longo destes últimos tempos. Mas hoje, começo por brindar a uma só pessoa, a mim. Por ter a sorte de me cruzar com vocês, por ter o privilégio de trabalhar grandes projectos, e por partilharem comigo os vossos sonhos. Hoje partilho o meu: aqui vai nascer um novo espaço! 
E como prometido, e o primeiro conselho que tive, começo assim, um brinde a todo este movimento. O resto vem. #brindemos
  • I'm so doomed 😬 #homemadegin 🍸🙈😜

Follow Me!