Empreendedora, por acaso

Empreendedora, por acaso.

empreendedora-por-acaso

Ainda no outro dia, apresentaram-me como uma nova empreendedora. E fiquei:

— Quem? Eu? Empreendedora? Como assim?

Nunca me tinha caído essa ideia, e por acaso, nunca foi um objectivo de vida na minha lista de desejos, mais depressa me via a abrir uma papelaria… Mas entretanto, tive que ir ver bem a definição de empreendedora:

em·pre·en·de·dor |ô| – adjectivo e substantivo masculino
Que ou aquele que empreende; que é animoso para empreender; trabalhador; amigo de ganhar a vida (traçando empresas novas).

Lá isso é verdade, para trabalhar cá estou eu. Agora, se pensei em um dia abrir a minha própria empresa, ou até mesmo ter um atelier em Lisboa, confesso que não estava para aí virada. Mas calhou, por acaso ou não, mas como se costuma dizer, o caminho vai se fazendo, caminhando, vamos seguindo em frente.

Agora, em Novembro de 2017, parei para ver o que aconteceu. E aconteceu muito. Em apenas 1 mês e meio, montei um atelier, uma base, um espaço que levou obras, suor e muitas lágrimas. Trouxe-me muitas incertezas, dúvidas e até arrependimentos que duraram pelo menos meia hora. Depois voltei a olhar para a frente. Nunca fui muito de ficar a olhar para o problema, aliás prefiro nem olhar muito para ele, mas sim pensar logo em soluções. Se uma coisa está torta, eu começo logo a ver as vantagens de estar direita, e assim me distanciar do problema. Basicamente, vejo um problema, acelero e atropelo-o logo! Pronto, já não há problema.

Também, foi nos dois últimos meses, bem concentrados, que conheci um número grande de pessoas novas. Novas amizades que surgiram, clientes que se tornaram amigos, novos formadores que ajudaram imenso nestas mudanças todas de atelier e nos novos workshops…

Foi muita coisa ao mesmo tempo e confesso que cheguei a fechar os olhos e a deixar-me ir.

Mas… bolas, como é que cheguei até aqui? É isto que vou começar a contar nesta nova rubrica “Empreendedora, por caso”.

Sem comentários
Artigo Anterior
29 Outubro, 2017
Artigo Seguinte
29 Outubro, 2017

Sem comentários

Deixar comentário

Relacionados

Instagram

  • 1 dia sem internet 👉🏻 1 dia a apanhar maçãs, pêras e uvas. Acho que valeu a pena 🙌🏻 Só subi o monte, para deixar esta storie ☝🏻 😘 #vimaterra #nowifi #sunrise
  • A liberdade de ser freelancer e a ilusão de que mandamos no nosso tempo. Por vezes é nos difícil pausar apenas! A todos os meus colegas que estão neste momento a trabalhar, a lutar pela responsabilidade do dever cumprido e da vontade de fazer bem 🙌🏻 deixo aqui uma grande saudação! Somos fortes! E vamos conseguir, porque também merecemos 😊 O nosso Verão vai chegar 😉  #freelancerlife #freelancer #appleandcoffee #nosequesomosorganizadas
  • Seixalando, e os prédios bonitos que encontramos quando olhamos para cima. #margemsul #seixal #arrentela #portugaldenorteasul #sunset_madness #photopftheday #p3top #igersportugal
  • Impossível ir a sítios da moda a “horas de ponta” ou fins de semana! O tempo não é muito, e a noite foi longa a trabalhar, por isso a recompensa de um pequeno almoço bem cedo, e rápido, a uma sexta feira, soube mesmo bem! Quase vazio, mas cheio de ambiente, hoje conheci a Amélia 👭 @pereirinha78  @amelialisboacafe #lisboncoffee #lisbonlovers
  • E porque amanhã é segunda, porque não repetir? Dias grandes, dias quentes, e muito trabalho em curso. Tudo tem o seu tempo e o tempo agora é quente, lento e capaz de tudo. Por isso, o trabalho vai ser feito, os dias vão ser longos e os mergulhos vão acontecer. #ficonsegue #sunset #freelancer
  • It’s going to be a hot long week 😊 Quem disse que agosto não é bom para trabalhar? ☀️ I’m in! #brixton #freelancer #graphicdesigner #entrepreneur #bossbabe #girlpower 📷 @_luisa_

Follow Me!